Confira 9 dicas para melhorar a logística de uma distribuidora

Blog

Confira 9 dicas para melhorar a logística de uma distribuidora

Dicas para melhorar a logística são importantes porque o setor logístico de uma distribuidora trabalha com diversos esforços para que o seu funcionamento seja exato. Isso porque, qualquer falha na entrega — atrasos, más condições de armazenamento da mercadoria e produtos errados — acabam por comprometer a imagem da empresa junto a seus clientes.

Isso faz com que as pessoas tenham uma experiência negativa com a empresa de logística e, provavelmente, impede uma nova contratação do serviço. Essa situação pode ser ainda pior se considerarmos que é possível surgir uma crise de imagem, já que as redes sociais são canais livres e influenciam a opinião de outros compradores e clientes.

Essa situação afeta diversas empresas de todos os portes. Contudo, quanto mais uma organização cresce, mais ela precisa ter um controle sobre os estoques e as entregas, pois a demanda inevitavelmente aumenta.

Assim, confira 9 dicas para melhorar a logística da sua empresa. Acompanhe!

 

1. Monitore rigorosamente os prazos

Pode parecer muito evidente, mas não é raro encontrar empresas que não fazem o monitoramento dos prazos da expedição de documentos, o que acaba gerando custos pelo atraso.

Hoje, já não é necessário monitorar os prazos por conta própria, pois você pode contar com o apoio de sistemas que fazem esse controle de maneira automática, assegurando que todas as datas sejam cumpridas com rigor.

 

2. Mantenha-se informado

Um fator relevante para assegurar a satisfação no prazo de entrega é se manter informado. Assim, se a transportadora leva sete dias para entregar um produto em determinada localidade, mas informa que o prazo é de cinco dias, aumentam as chances de o cliente ficar insatisfeito com a demora e não voltar a fazer negócio com a transportadora.

Por isso, na hora de fechar o frete e fazer o cálculo dos custos de entrega, é necessário que você preste muita atenção. Contar com a ajuda de um software que faça o cálculo automático da quilometragem e gere o investimento e o prazo do frete faz toda a diferença para a sua gestão de entregas.

 

3. Faça previsões de demanda para evitar desperdícios

Uma das questões mais relevantes para assegurar o sucesso de uma empresa é conseguir medir as vendas que realizará nos próximos meses, por meio de avaliações qualitativas e quantitativas.

As avaliações de previsão de demanda têm como objetivo estabelecer metas de faturamento e indicar, com mais exatidão, a quantidade de mercadorias que devem ser adquiridas com os fornecedores. Para fazer as previsões de gestão de demanda, é importante contar com o apoio da gestão logística.

Acompanhar os históricos de demandas anteriores é uma das formas mais eficientes para prever as demandas futuras. Dessa forma, você consegue comparativos de crescimento, e outras questões são agregadas às previsões.

É importante lembrar que, quando trabalhamos com avaliações de previsão de demanda, é aconselhável estabelecer uma margem de erro, já que se trata de uma previsão e não de um número exato.

 

4. Faça a integração das equipes

Para melhorar a logística na sua empresa, é interessante que as projeções de vendas realizadas no planejamento estratégico estejam alinhadas às outras etapas, como a produção, o planejamento de operações e as finanças.

Dessa forma, você integra o plano de ação da empresa. O setor de marketing também pode fazer parte dessa integração, colaborando para o monitoramento das campanhas, oferecendo diretrizes para novas condições de mercado, dentre outras situações.

 

5. Procure outros parceiros

Para auxiliar no desenvolvimento de novos processos logísticos e, até mesmo, otimizar a eficiência da empresa, busque por novos parceiros logísticos.

Um fator importante é que tamanho ou fama não são fundamentais na hora de fechar uma parceria.  Apostar em transportadoras menores, que são promessas do setor, pode trazer para a sua empresa bons benefícios quando o assunto é entrega e inovação. Uma boa parceria traz novas ideias e credibilidade para todos os envolvidos.

Assim, avaliar outros modelos de entregas para encontrar o que melhor atende a sua empresa, seja em questão de disponibilidade de relatórios, prazos, preços e desempenho ou, até mesmo, por conta da especificidade do seu ramo de atuação, é muito importante.

 

6. Faça o rastreamento da carga

Um sistema de rastreamento facilita muito os processos logísticos, pois é possível identificar em qual ponto a mercadoria está. Com o rastreamento de carga, é possível acompanhar o processo de entrega da sua mercadoria, sem estresse.

Esse recurso traz transparência e credibilidade, e também colabora para a melhoria da logística na sua empresa. Por isso, você deve considerá-lo na hora de escolher um serviço logístico.

 

7. Pense na logística reversa

Esse item é relevante, apesar de muitas vezes ser ignorado pelo departamento de compras das empresas. Se você precisar trocar a mercadoria, é preciso pensar no processo de devolução desse produto ou em como fazer para reembolsá-lo.

Antes mesmo de realizar a compra, é preciso conhecer as políticas da transportadora nesses casos. Isso pode trazer comodidade e eficiência para as suas operações de compra.

É importante considerar, também, a hipótese de a entrega não ser realizada. Antes de fechar o contrato com a transportadora, é aconselhável que você alinhe essas questões.

 

8. Use métricas para medir o desempenho da logística

Como em todos os setores de uma empresa, as informações são elementos preciosos para mensurar o desempenho das operações e contribuir para a melhoria deles.

Todos os dados apurados — perfil dos consumidores, localidade com mais clientes, mercadorias mais vendidas, volume de devoluções — podem ajudar a identificar falhas em diferentes processos. Escolha as métricas mais adequadas ao seu negócio e use-as para a tomada de decisões.

 

9. Use a tecnologia a favor da logística

O uso de softwares contribui para uma boa administração logística, e isso inclui os estoques. Essas ferramentas têm a intenção de facilitar e otimizar os processos, eliminado a utilização de várias planilhas manuais.

Isso colabora para a economia de tempo e recursos, tanto seus como da transportadora. Dependendo da ferramenta escolhida, você pode fazer a gestão de todos os setores da empresa usando a mesma plataforma.

Hoje, é possível encontrar, no mercado, sistemas específicos para a logística de distribuição, que oferecem as seguintes funcionalidades:

  • acompanhamento, em tempo real, do roteiro de entrega, já que são disponibilizados dados detalhados de todos os produtos que serão entregues por cada veículo;
  • visualização das contas a pagar e a receber;
  • armazenamento do comprovante de entrega da nota fiscal;
  • localização da carga por meio de aplicativos, como Google Maps ou Waze;
  • realização de check-in e check-out por meio de softwares;
  • registro do tempo de carga e descarga;
  • emissão de relatórios de gestão que trazem as informações das entregas e da produtividade do motorista.

Ao melhorar a logística da sua empresa, você tem vários ganhos, como prazo, preço e credibilidade. Coloque em prática essas dicas e comece a desfrutar dos benefícios de uma logística eficiente agora!

O que você achou deste artigo sobre dicas para melhorar a logística de uma distribuidora? Deixe seu comentário abaixo!

 

Curta e compartilhe:

Comenta aí, esse conteúdo foi útil para você?

Confira também:

As 8 maiores vantagens de transportar produtos em caixas plásticas

Cadeia de suprimentos: afinal, o que é e porque é importante?

Cidade holandesa será 1ª a ter estrada de plástico reciclado